visitas

quinta-feira, julho 20, 2006

Maldade

Confesso q às vezes tenho vergonha de ser gente (da espécie humana). Como é possível q chamemos ao nosso estado actual civilizado e como resultando de uma evolução? Bem tenho q rever as minhas definições pois tinha por evolução uma coisa positiva, mas cada vez menos a vejo como tal.
Desculpem-me os q me visitam, ou pelo menos os q me vão deixando comentários pois sei q comungam desta revolta contra maus tratos (sejam contra quem forem eles perpetrados).
Podem ver pelos meus links q sou visitante assídua de sítios na Internet de protecção, de animais. E às vezes encontro cada coisa q acho q se os presenciasse não sei se me seguraria (sim eu sei q já me manifestei contra actos de violência, mas nestes casos… a ignorância e a brutalidade parecem só perceber isso).
Neste blog
http://patinhasonline.blogspot.com/ encontrei gente a tentar ajudar uma galga q havia sido abandonada à sua sorte pois não tinha capacidade p a serventia q lhe haviam destinado, mas não sem antes, durante 1 ano e tal, a terem prendido a uma corda minúscula sem nunca a soltarem. Um dia andava na rua e foi atropelada. Condutor e pessoas na proximidade nada fizeram apesar dos gemidos da cadela q perdeu a pata.
No mesmo blog encontro um cachorrinho, lindo, lindo, que era obrigado, por uns miúdos (bonitos adultos se vão tornar) a segurar-se pela boca num pneu para o treinarem p lutas.
Num outro site, há já algum tempo, a foto de uma cadela q foi enforcada pouco antes de dar à luz.
E não se faz nada? Se não querem prender essas pessoas ao menos tratem-nas, pois elas não podem ser normais. E se não se preocupam c os animais pensem q uma pessoa assim tem muitas mais probabilidades de fazer mal a uma pessoa.
Quando é q esta porcaria vai mudar? Eu sei q há-de existir sempre gente assim, mas se nada lhes acontecer muitas mais se vão achar no direito de fazerem isso e de criarem os filhos educando-os sem a noção de q isso está errado.
Já p não falar nas atrocidades q se vão fazendo por aí aos seus semelhantes.
Peço desculpa mas de vez em quando é difícil segurar tampa – voltou a saltar.

Para melhorar a minha boa disposição já não consigo postar imagens há semanas.rrrsss

13 Comments:

Blogger greentea said...

assim é , xica

vimos atrocidades mesmo ao nosso lado e por vezes nada podemos fazer

já tenho assistido a tudo isso e por vezes é impossivel participar, chamar a policia oporque ela não vem e das Ligas e Protetoras respondem habitualmente que nada podem fazer

São os pais que lhes transmitem isso, são os professores quue nada fazem , as tias , as madrinhas , as avós que assim foram criadas e lho transmitem...

oiço tanta vez essa frase - os ca~es são maus , têm pulgas, transmitem doenças, alergias...
a minha fiolha foi criada com ca~es, tirava as bolachas da boca dela, dava aos ca~es e tornava a comer, nunca teve mais doenças que os outros, tavlex até menos e quando começou a andar os ca~es a amparavam e a protegiam e nunca a fizeram cair.

E ela habituou-se a partilhar - as bolachas, os brinquedos, uma almofada, o carrinho de brincar, a bola...e a responsabilizar-se

quem não gosta de animais não gosta de pessoas

um beijo.

Muito há a fazer . Pelos animais. pelas pessoas.

21/7/06 10:40  
Blogger cathywoman said...

amiga, costumo dar uma espreitadela aos sites que linkas, ali ao lado, e confesso que fiquei chocada com uma história de um cão de grande porte, que foi abandonado ainda pequeno, mas que não lhe tinham tirado a coleira, ora o animal cresceu e o resto não é preciso dizer pois não? bem as imagens eram mesmo chocantes, nem imagino ao vivo... é muita crueldade... Quando tiver as condições lá no terreno, vou a um sítio desses buscar um ou 2 animais... se eles vêm já esterelizados e tudo, não te,os depois mais problemas com criações indesejadas...Um trabalho notável o destas pessoas... eu confesso que num sei se tinha tanta coragem...

21/7/06 10:42  
Blogger Xica said...

Greentea
Numa secção de conselhos médicos de 1 revista 1 mãe perguntava ao médico se podia ter 1 gato 1 vez q o filho era asmático mas gostava de ter 1. O médico respondeu q havia cuidados a ter (como usar 1 toalha molhada de vez em qd p lhe tirar os pêlos soltos), mas q as crianças sp q possível deviam ter contacto c animais. E não é a super proteger as crianças q elas deixam de ter doenças antes pelo contrário, determinados contactos fortalecem-lhes as defesas. É falta de vontade das pessoas p terem 1 pco + de trabalho.

Cathy
Eu também acho e q essas pessoas são corajosas e estão a fazer 1 grande favor à sociedade, até a quem não gosta de animais: tiram-nos da rua, onde podem até represenatr um problema de saúde pública.
Precisam de mta ajuda mas tb de quem lhes adopte os animais-o mais importante.
Acho q fazes muito bem em vez de os comprar numa loja (detesto vê-los em lojas tb, mas...), pois estes normalmente se não forem vendidos como são de raça ficam p procriação.

Beijitos p duas

21/7/06 11:21  
Blogger Nos_os_tres e a Carrapa said...

Que segurar a tampa qual quê! O que falta neste mundo é pessoas com a coragem de se imporem contra este tipo de atrocidades que se cometem todos os dias!
Olha, eu nao tinha remorsos nenhuns se me virasse contra esse tipo de pessoas e lhe espetasse um valente murro nos dentes! Este tipo de coisas revolta-me imensamente e ainda me revolta mais o facto de quase nada podermos fazer!
Sei que a violência não nos leva a lado nenhum, mas também sei que justiça não é um valor muito praticado e, num mundo onde é cada um por si, vale tudo, até uns bons sopapos!

beijinho de NOT!

21/7/06 14:39  
Blogger Xica said...

Nos os tres

Infelizmente, a lei não está do nosso lado e se nos deixarmos levar pelas emoções e dar a essa gente o mesmo tratamento q dão aos animais quem se lixa somos nós (ainda vamos parar à cadeia). Por isso é melhor manter a calma (se conseguirmos, é difícil eu sei), mostrar-lhes de q fibra somos feitos e ao menos tentar libertar os coitaditos das garras dessa gente inútil.
Beijitos e voltem sempre.

21/7/06 15:20  
Anonymous Formiguinha said...

Eu tenho uma teoria mto própria que aplicaria com todo o prazer a quem maltrata animais e humanos indefesos. Porém, eu é que iria presa...
Contudo, já andei "à porrada" por causa de animais e não me arrependo rigorosamente nada.

22/7/06 17:32  
Blogger Cláudia said...

Eu ainda não me vi cara a cara com situações de maus tratos em flagrante (só os resultados :( ), mas acho que não me ía segurar...

22/7/06 20:56  
Blogger Xica said...

Oi formiguinha. Pois, ás vezes a minha vontade é tb desatar à estalada. Mas presa tb não ia ajudar nada.
Á porrada acho q ainda não andei mas quase. Já mandei vir com muita gente por causa disso e só tenho pena de nessas alturas estar tão chateada q nem consigo dizer direito o q me passa pela cabeça.
Beijitos.

24/7/06 10:16  
Blogger Xica said...

Cláudia
Maus tratos tão graves como os q descrevo no texto e q fui buscar a alguns blogs, confesso q tb nunca presenciei. Qd me contam q viram isto ou aquilo o q digo lá em casa é se tivesse presenciado alguém havia de ir parar ao hospital: a pessoa q fez a maldade ou eu... Mas espero q na altura consiga parar a maldade e consiga não o fazer. É q eu tenho a impressão q quem se safa sempre são os maus da fita.

24/7/06 10:27  
Anonymous Anónimo said...

Here are some links that I believe will be interested

4/8/06 01:44  
Anonymous Anónimo said...

Here are some links that I believe will be interested

9/8/06 11:56  
Anonymous Anónimo said...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»

10/8/06 15:43  
Anonymous Anónimo said...

Hey what a great site keep up the work its excellent.
»

16/8/06 01:55  

Enviar um comentário

<< Home